Gil Rugai, Acusado da Prática de Dois Homicídios e Estelionatos Continuados Vai a Julgamento

03/09/2011 por Roberto Infanti Deixe um comentário »

Justiça paulista marca data de julgamento de Gil Rugai

O juiz Emanuel Brandão Filho, do 5º Tribunal do Júri de São Paulo, marcou para o próximo dia 12 de dezembro, às 10 horas, no Plenário 10 do Fórum Criminal da Barra Funda, o julgamento do estudante Gil Rugai, acusado da prática de dois homicídios e estelionatos continuados.

Segundo a denúncia do Ministério Público, no dia 28 de março de 2004, por volta das 21h30, no interior da residência situada na Rua Atibaia, nº 383, no bairro de Perdizes, Zona Oeste da Capital, o acusado, agindo com terceira pessoa ainda não identificada, e por motivo torpe, teria matado seu pai, Luis Carlos Rugai, e a namorada deste, Alessandra de Fátima Troitino.

Consta ainda da peça acusatória que, meses antes, o réu, por diversas vezes, e de forma continuada, teria obtido para si vantagem ilícita patrimonial em prejuízo da Referência Filmes, mediante artifício fraudulento consistente em falsificar a assinatura de seu pai em cheques da referida empresa.

A denúncia contra Gil Rugai foi recebida pela 5ª Vara do Júri no dia 29 de abril de 2003, tendo sua defesa, desde então, interposto recursos no Tribunal de Justiça de São Paulo, no Superior Tribunal de Justiça e no Supremo Tribunal Federal.

Processo nº 052.07.001563-7/00

Extraído de: Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo

Os comentários estão fechados.