Artigos para a tag ‘revisão’

Prazo Para Revisão De Benefício Do INSS Prejudica Segurado

novembro 10th, 2013

PRAZO PARA REVISÃO DE BENEFÍCIO DO INSS PREJUDICA SEGURADO

Decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), no último dia 16 de outubro, determinou que o prazo de dez anos para a revisão de benefícios previdenciários é aplicável aos benefícios concedidos antes da Medida Provisória (MP) 1.523-9/1997. A matéria teve repercussão geral » Mais: Prazo Para Revisão De Benefício Do INSS Prejudica Segurado

É Possível Conseguir Informações Das Fases De Concessão Inicial De Benefício, Revisão Ou Recurso

dezembro 19th, 2012

É POSSÍVEL CONSEGUIR INFORMAÇÕES DAS FASES DE CONCESSÃO INICIAL DE BENEFÍCIO, REVISÃO OU RECURSO

Da Redação (Brasília) – O segurado que tem um processo administrativo de benefício previdenciário junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode realizar a sua consulta on line. No site www.previdencia.gov.br, é possível conseguir informações » Mais: É Possível Conseguir Informações Das Fases De Concessão Inicial De Benefício, Revisão Ou Recurso

Como Consultar Se Seu Benefício Foi Selecionado Para Revisão do teto Previdenciário

outubro 16th, 2012

Para Consultar a Lista dos Benefícios Selecionados Para Revisão do Teto Previdenciário

Para saber a situação do seu benéfico, se foi ou não selecionado para a Revisão do Teto Previdenciário, o beneficiário deverá entrar no site da Previdência www.inss.gov.br, no quadrado AGÊNCIA ELETRÔNICA: SEGURADO, clicar no link » Mais: Como Consultar Se Seu Benefício Foi Selecionado Para Revisão do teto Previdenciário

Benefícios: Previdência Anuncia Calendário de Pagamento da Revisão do Teto de Aposentados e Pensionistas

julho 15th, 2011

BENEFÍCIOS: PREVIDÊNCIA ANUNCIA CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DA REVISÃO DO TETO DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS

Proposta será apresentada ao TRF da 3ª região para homologação judicial

O Supremo Tribunal Federal (STF) resolveu que o INSS deveria revisar os valores das aposentadorias e pensões de todos os segurados que obtiveram seus benefícios entre 5 de abril de 1991 a 1º de janeiro de 2004 e foram limitados pelo teto da Previdência.

Da Redação (Brasília) – O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, anunciou na manhã desta quinta-feira (14) a proposta do governo (ministérios da Previdência e da Fazenda e Advocacia Geral da União) para pagar os atrasados da revisão do teto de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). » Mais: Benefícios: Previdência Anuncia Calendário de Pagamento da Revisão do Teto de Aposentados e Pensionistas

Aposentadorias Com Aplicação do IRSM de Março/94 e Fevereiro/97 Foram Calculadas Erroneamente e Têm Direito a Revisão

junho 21st, 2011

Revisão das aposentadorias com a aplicação do IRSM de fevereiro/94 na correção dos salários de contribuição, antes da conversão em URV

As pessoas que se aposentaram pelo Instituto Nacional de Seguro Social entre o período de março de l994 e fevereiro de l997 tiveram as suas aposentadorias calculadas incorretamente e, por conseqüência,  têm recebido seus benefícios com significativa  redução nos valores a que fazem jus.

É que os cálculos que definiram a Renda Mensal Inicial das » Mais: Aposentadorias Com Aplicação do IRSM de Março/94 e Fevereiro/97 Foram Calculadas Erroneamente e Têm Direito a Revisão

Revisão de Benefícios Pagos Pelo INSS

janeiro 24th, 2011

REVISÃO DE BENEFÍCIOS DO INSS PELO TETO PODE CHEGAR A 39%

O INSS começará a pagar neste ano a revisão da aposentadoria pelo teto para quem se aposentou entre 1988 e 2003 e teve a média salarial limitada pelo teto previdenciário da época. Em setembro, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que essa correção é devida aos aposentados. A Previdência aguarda a publicação da decisão para conceder o aumento nos postos de todo país. Para ter tido média salarial limitada pelo teto era necessário ter contribuído sobre o valor máximo da Previdência. A correção garante um aumento no benefício de até 39,35% para quem aposentou entre abril e setembro de 1994. Segundo o Ministério da Previdência, 154 mil aposentados terão direito à correção e dividirão cerca de R$ 1,5 bilhão. O governo já reservou o dinheiro para o pagamento. A revisão pelo teto pode garantir atrasados – diferenças que não foram pagas nos últimos 5 (cinco) anos – de até R$ 62.400,00. » Mais: Revisão de Benefícios Pagos Pelo INSS